O Que é a Campanha? Como Funciona?

Até hoje, a forma mais eficiente de se combater a aids é através da prevenção. Pensando nisso, a L’Oréal e a UNESCO lançaram a campanha Cabeleireiros Contra Aids. O objetivo é promover saúde e prevenir a doença por meio de informações, atitudes e mecanismos que possam incentivar e apoiar comportamentos que evitem o risco de contagio, diminuindo o impacto do HIV no mundo.

Por Que Um Programa Envolvendo Cabeleireiros?

A L’Oréal e a UNESCO vêem em Cabeleireiros Contra Aids a oportunidade de criar um programa de educação preventiva que realmente faça a diferença. Neste projeto, o grande interlocutor da mensagem de prevenção e luta contra a aids é o cabeleireiro.

A profissão que eles exercem tem um grande poder de proximidade. É uma ocupação de escuta, de conversa e de atenção. Além disso, o salão em si é um local de encontros, trocas e debates. Tanto os próprios cabeleireiros, quanto seus clientes representam uma população eclética das mais diversas origens e classes sociais. O cabeleireiro é um formador de opinião e sua palavra é sempre ouvida e respeitada por seus clientes.

A campanha disponibiliza aos cabeleireiros materiais de divulgação em seus salões. Isto pode ser feito através de uma solicitação nos cursos técnicos dados pelas marcas L´Oréal Professionnel, Matrix, Kérastase ou Redken.

Ou também através do cadastro aqui no site.

Por Que No Brasil?

O Brasil foi escolhido pelo seu reconhecimento mundial como um dos países que desenvolve os melhores programas de tratamento e prevenção contra a aids. Ou seja, nós somos um exemplo para o mundo!

O projeto Cabeleireiros Contra Aids já está presente em 30 países: África do Sul, Argentina, Austrália, Alemanha, Brasil, Bélgica, Canadá, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Dinamarca, Emirados Árabes (UAE), Espanha, EUA, França, Grã-Bretanha, Indonésia, Itália, Japão, Malásia, México, Países Baixos, Polônia, Portugal, Romênia, Rússia, Singapura, Tailândia, Uruguai, Venezuela.

Além disso, mais de 150 academias L’Oréal estão envolvidas ativamente na campanha e cerca de 1 milhão de cabeleireiros no mundo abraçam esta causa.

A ideia é, aos poucos, implantar o programa em todos os países onde a Divisão Profissional do Grupo L’Oréal está presente, transformando os profissionais desses salões em multiplicadores de informação contra aids.

O Que é Importante Saber?

O vírus da aids é transmitido de três maneiras distintas:

  • relações sexuais sem proteção, quando uma das pessoas é portadora do vírus.
  • contato com o sangue contaminado, por: seringas, agulhas, alicates de unhas etc.
  • mãe para filho durante a gestação: uma mãe soropositiva, sem tratamento, pode transmitir o HIV para seu filho durante a gravidez, no parto ou durante a amamentação.

Quando não existem feridas ou cortes, a pele é uma barreira intransponível para o HIV.

Insetos, tais como aranhas e mosquitos, não transmitem o vírus da aids.

Você pode usar objetos e ferramentas de uma pessoa soropositiva sem nenhum risco.

Não se pega aids dividindo a cama, o banheiro ou o chuveiro com uma pessoa soropositiva.

É impossível ser contaminado pelo HIV tocando ou abraçando uma pessoa infectada.

A soropositividade jamais pode ser um empecilho para um emprego. O HIV não pode ser motivo de demissão.

É preciso falar da aids para sair da ignorância e, um dia, não precisarmos mais falar da doença.

Diga não ao preconceito!